• Pai João de Aruanda

Por que todas as perguntas levam a Deus?


- Filho, salve sua presença!

- Salve pai, o que veio fazer aqui?

- Ora meu filho, as vezes aparecer para deixar algum ensinamento não faz mal correto?

- Claro meu pai! Pois bem, qual seria a mensagem?

- Meu filho, você tem percebido que muitas pessoas vem te pedir conselhos, acolhimento, te fazem perguntas e pedem ajuda, certo?

- Certo meu pai! Vejo o tamanho da onipresença de Deus em seu olhar.

- Então meu filho, vim falar exatamente disso. Voltando, e todas as vezes que essas pessoas vem te perguntar coisas, você sempre tem a tendência de falar de sua religião, correto?

- Sim meu pai!

- E você sempre pensa o quanto fanático está pela religião e pede para a poderosa mãe Logunan te amparar.

- Pois é meu pai, o que menos quero é cair nos vícios da religiosidade.

- Tolo você meu filho! Mal sabe o movimento cósmico que acontece para levarmos a religiosidade para os encarnados. Além do que, o vício é relativo para quem não tem nada. E é por isso que vim te dar uma mensagem. Nosso saudoso Pai e Mãe Olorum, com toda a sua expansão no campo da Fé, tem trabalhado muito conosco, através dos Orixás, para fortalecer a expansão na fé pelo Orum. Muito se é trabalhado para levarmos as palavras sagradas de Olorum para as bocas e ouvidos de nossos filhos.

E se você é amparado por essa força não é pelo vício, mas sim pela virtude de ser um ser humano desperto o suficiente para compreender e nos ajudar a cada vez mais espalhar as palavras de nosso criador.

Existe um movimento global para que essa onisciência se expanda cada vez mais nas telas refletoras das coroas de nossos médiuns amigos e irmãos, levando cada vez mais o amor por um caminho a esses encarnados.

Não é pelo vício na fé meu filho, mas sim uma virtude nos caminhos!

- Pai estou com uma dúvida perante essa revelação. E quanto ao desequilíbrios causados pelos humanos nesse grande projeto de evolução?

- Meu filho, sua pergunta já é a resposta. Vê como toda pergunta leva a Deus? Brincadeiras à parte, vamos lá: a partir do momento que desenhamos e intuímos essas cadeias e padrões vibratórios no Trono da Lei e da Geração Cósmica, esse padrão é desencadeado em vários níveis, escalas e realidades.

Quando se é atingida a realidade humana, os encarnados possuem o livre arbítrio para fazerem o que quiser com essa mensagem.

Afinal, a Umbanda preza pela liberdade de evolução pessoal de cada um, correto?

Filho, não esqueça: Deus, os Orixás e os guias espirituais aparecem na vida de vocês para emancipa-los! É como nós ensinarmos os humanos a nadar e coloca-los na piscina. Se você vai para esquerda ou direita, é uma escolha sua! E para onde quer que vá, nós o ampararemos caso continue sua conexão com Deus.

Voltando ao ponto mais importante: todas as perguntas levam à Deus pois as perguntas são as próprias respostas para o mundo encarnado. Simplificando, todos nós somos Deus e temos a capacidade de atingi-lo em nós mesmos. Dessa forma, qualquer palavra emanada ou qualquer energia gerada é Deus!

Isso significa a onisciência, onipresença e onipotência.

Agora se queremos atingir Deus, vamos nos concentrar nos caminhos para tais objetivos que é a introspecção e a consciência plena, para atingirmos a supra consciência.

Mas sobre isso esclarecemos em um próximo encontro.

- Saravá meu pai, que Olorum nos dê a benção e ilumine suas palavras e seus caminhos.

- À benção meu filho!

Pai João de Aruanda

#Deus #sagrado #Fé #Presença

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo